Carrinho de Compras 0

Não existem produtos no seu carrinho.

Código de Cores Pessoal

A cor expressa parte da ordem subjacente do universo e fala não apenas através do mundo natural, mas através de todos os níveis da nossa natureza enquanto seres de cor! É fácil tomar a cor como garantida- provavelmente porque tanto como a vida, a cor está em toda parte e faz parte de tudo. No entanto, apesar de ser tão comum, nós relacionamo-nos com a cor com uma preferência muito pessoal - sendo o mais óbvio refletido nas nossas escolhas de vestuário e decoração. Como nos modelos de bem-estar “semelhante atrai semelhante e semelhante cura semelhante”, somos instintivamente atraídos para cores que refletem e apoiam aquilo que somos. Dentro do sistema Aura-Soma temos a compreensão de que “Nós somos as cores que escolhemos e estas refletem as necessidades do nosso ser”. Assim como a cor de uma planta ou erva faz parte da sua assinatura, expressando aspetos da sua identidade e função. As nossas próprias preferências de cores podem revelar os aspetos mais profundos de quem somos, o que estamos aqui a fazer e o que precisamos para o bem-estar ideal.


Nós somos as cores que escolhemos

Equilibrium, o elixir bicolor de equilíbrio no coração do sistema Aura-Soma, ajuda a harmonizar todo o nosso ser através do seu efeito sobre as energias subtis do campo eletromagnético em torno do nosso corpo físico. Como uma ferramenta de equilíbrio, cada combinação Equilibrium trabalha com cada um de nós de uma forma que é exclusivamente ressonante com nossas qualidades vibratórias particulares. Ao afirmar a ligação entre a nossa identidade mais íntima e as cores que nos são atraídas, Vicky Wall, a criadora dos Equilibrium, notou uma e outra vez (apesar de sua cegueira clínica) que as pessoas eram atraídas para as mesmas cores de equilíbrio que compõem sua aura. No momento em que nós expressamos uma preferência, estamos a expressar a nossa individualidade. As quatro garrafas que compõem o nosso código de cores pessoal representam uma matriz de cor de nosso Ser como uma personalidade no tempo e uma alma-ser eterna. Ao escolhermos as quatro combinações de cores de Equilíbrium que nos atraem mais, estamos escolhendo não apenas conscientemente, mas também a partir de níveis intuitivos e até inconscientes de nós mesmos. Dentro das nossas preferências de cores está a informação sobre o nosso passado único, presente e futuro potencial e onde nós estamos na nossa jornada na expressão do nosso conjunto particular de desafios, dons, potenciais e propósitos.


Descodificando o nosso Código de Cores

O nosso código de cor pessoal consiste na escolha das nossas quatro garrafas e na ordem em que as escolhemos. Também são importantes as energias e as qualidades de cada cor, quer apareçam na fração superior ou inferior da garrafa, as relações energéticas que emergem na sequencia das combinações de cores e as propriedades energéticas dos seus ingredientes botânicos e dos cristais. Tudo isso é combinado com uma intenção energizante para o bem maior do usuário que é infundido em cada combinação Equilíbrium. Trabalhar com um consultor de cor Aura-Soma treinado pode ser uma grande ajuda na compreensão de como todos esses aspetos se combinam no contexto da nossa história de vida particular.
 

A nossa Jornada de Cores

As nossas preferências de cores podem permanecer connosco ao longo da sua vida, ou podem mudar de vez em quando. Uma mudança nas cores que nos atraem na escolha das nossas garrafas- como na nossa roupa ou decoração - pode significar mudanças internas e externas, uma nova mensagem ou propósito, ou um tempo de crescimento potencial, realização ou progresso ao longo da nossa jornada. À medida que aprendemos a linguagem da cor, o nosso código de cor pessoal pode tornar-se um recurso para o autoconhecimento e transformação, pois pode acelerar o processo de mudança dos padrões condicionados do karma (o que plantamos assim, vamos colher) para uma vida de dharma (a qualidade de atenção e carinho que trazemos para o que fazemos). Trabalhar com energias de cores pode ajudar-nos a livrarmo-nos das dificuldades do passado. Podemos ser capazes de expressar mais do brilho e totalidade das nossas verdadeiras cores no aqui e agora. Como consequência, podemos tornarmo-nos mais disponíveis para a contribuição e serviço aos nossos entes queridos e amigos, a nossa comunidade de vizinhos e colegas, e ao planeta que nos sustenta a todos.